Etiquetas : TV Zimbo

Politica

Rui Falcão atribui tratamento desigual dos partidos na oposição nos

O porta-voz e secretário para a Informação do Bureau Político do MPLA, Rui Falcão Pinto de Andrade, atribui às direcções editoriais dos órgãos públicos de comunicação social a iniciativa de uma cobertura jornalística “inquinada” e “desigual”, que tem optado por dar tratamento privilegiado aos actos do partido do governo em detrimento das formações políticas na […]Ler Mais

Economia

Isabel dos Santos e Sindika Dokolo comercializavam 40% dos diamantes

O Presidente da República, João Lourenço, revelou, nesta quinta-feira, 9, em Luanda, que 40% dos diamantes produzidos em Angola eram comercializados por um casal, referindo-se à empresária Isabel dos Santos e seu falecido marido Sindika Dokolo. “Quarenta por cento dos diamantes produzidos em Angola era apenas um casal que comercializava lá fora. Mas outros familiares […]Ler Mais

Politica

“Actual ambiente político de Angola não garante transparência nas próximas

O político Abel Chivukuvuku considerou, esta semana, em declarações exclusivas à DW África, haver em Angola um ambiente político que “não é caracterizado por liberdade que possa garantir eleições livres, justas e transparentes” no país. O político, que viu o seu projecto partidário chumbado no Tribunal Constitucional (TC), advoga a existência de uma “legislação adequada […]Ler Mais

Politica

Jornalista da RNA assume em seminário do Tribunal Constitucional que

O jornalista e editor de programas especiais de informação da Rádio Nacional de Angola (RNA), Francisco Pedro, assumiu, categoricamente, na segunda-feira, 23, a sua preferência político-partidária pelo MPLA, chegando a afirmar que “o líder da oposição não deve ter tratamento igual ao do líder do partido-Estado” na imprensa pública. O jornalista fez estas declarações durante […]Ler Mais

Politica

Chegada de João Lourenço ao poder não marcou um ponto

A Repórteres Sem Fronteiras (RSF), uma organização não-governamental internacional que defende a liberdade de imprensa no mundo, considera que o monopólio e a censura do Estado aos media têm condicionado o exercício da actividade jornalística no país, e que a chegada de João Lourenço ao poder, em 2017, “não marcou um ponto de viragem para […]Ler Mais