Rui Falcão responde à denúncia da UNITA sobre o alegado aliciamento de militantes e chama Adalberto Costa Júnior de ‘arruaceiro’

O secretário para a informação e propaganda do Bureau Político do MPLA, Rui Falcão, chamou o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, de ‘arruaceiro’, em resposta às acusações segundo as quais o seu partido teria colocado em marcha uma alegada campanha de ‘aliciamento’, visando atrair a atenção dos militantes do ‘Galo Nego’.

Rui Falcão, que discursava durante um acto político de massas, no fim-de-semana, no município de Talatona, considerou as recentes dissidências de supostos militantes da UNITA para o MPLA como “um sinal claro de que algo não vai bem na maior formação partidária na oposição” em Angola.

Para além de rotular o presidente da UNITA de ‘arruaceiro’, Rui Falcão foi mais longe e acusou Adalberto Costa Júnior de ter fugido do país, referindo-se à recente viagem que o líder da UNITA efectuou à Alemanha.

“O Comité Provincial de Luanda foi surpreendido com um grupo significativo de jovens, creio que mais de uma centena, que diziam ser militantes da UNITA e que, voluntariamente, se foram entregar ao MPLA. Alguma coisa vai mal naquele galinheiro”, atirou de forma irónica Rui Falcão.

As viagens realizadas pelo líder da UNITA ao exterior do país foram também alvos da agenda crítica do secretário para a informação e propaganda do MPLA, para quem “o senhor Adalberto, mais uma vez, fugiu do país depois de pagar arruaceiros para fazer manifestação”.

De uma coisa Rui Falcão diz ter a certeza: “o MPLA vai ganhar as próximas eleições”, no entanto considera que “o líder da UNITA não aprende”.

“A primeira coisa que ele fez foi ligar aqui para o seu amigo, Nelito Ekuikui, para juntos concertarem mais confusão na cidade de Luanda. Deu-se ao luxo de dizer ‘mobilize esses arruaceiros, o dinheiro não nos falta’. Desse dinheiro que ele diz ter, o que é que ele já fez por este país?, indagou Rui Falcão.

Berlantino Dário

Berlantino Dário

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *