Supermercado na zona sul do Rio de Janeiro.

Preços dos produtos nacionais aumentaram 2,6% em Março

Os preços dos produtos nacionais aumentaram 2,60% no mês de Março do corrente ano, quando comparados com os preços do mês de Fevereiro, com a Secção A (Agricultura, Produção Animal, Caça e Silvicultura) a registar o maior aumento de preços, na ordem dos 2,85%.

Os dados constam do Índice de Preço Grossista (IPG), publicado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), e espelha que durante o mês de Março de 2022, IPG registou uma variação mensal, no período de Fevereiro a Março, de 2,19%, sendo 0,03 pontos percentuais inferior à registada no período anterior, e 0,06% inferior em relação ao período homólogo.

A variação homóloga de Março situa-se em 31,11%, registando um aumento de 2,56% com relação à observada em igual período do ano anterior. A tendência da variação homóloga nos últimos três anos é crescente, segundo o INE.

Dos produtos que tiveram maior variação de preços, pertencentes à Secção -A, destacam-se: leite fresco (7,82%), gado bovino (5,97%), repolho (5,85%), milho (5,56%) cenoura (5,51%), alho (5,28%) e ginguba com 4,80 por cento.

Fazem ainda parte da mesma secção, o pimento com 4,35%, ovos com 4,11%, banana com 3,69%, cebola com 3,67%, maçã com 3,09%, tomate com 3,02%, laranja com 2,62%, batata-doce com 2,46%, batata rena com 2,34%, limão com 2,24% e feijão manteiga com 2,02%, entre os principais.

A variação acumulada dos produtos nacionais em Março de 2022 foi de 8,09%.

Quanto às importações, no mês de Março os preços dos produtos importados tiveram um aumento de 2,06% em relação ao mês anterior, influenciado pela variação de preços verificada na Secção A  (Agricultura, produção animal, caça e silvicultura) com 2,31%.

Os produtos importados que mais aumentaram de preços foram: limão (7,02%), maçã (6,26%), laranja (5,74%), grão-de-bico (5,40%), alho (5,02%), tomate (4,54%) e cenoura (3,69%).

À lista juntam-se o repolho com 3,51%, batata rena com 3,27%, cebola com 2,86%, feijão-verde com 2,67% e uvas frescas com 2,06 % entre os principais.

A variação acumulada dos produtos importados em Março de 2022 foi de 6,43%, conforme consta nos dados do IPG do INE.

A inflação global do mês de Março foi de 2,19%, sendo os produtos importados que mais contribuíram com 1,57 pontos percentuais, correspondente a 72% da inflação e os produtos nacionais com 0,62 pontos percentuais, o que representa 28% do valor da inflação global mensal.

Bernardo Pires

Bernardo Pires

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.