Isto É Notícia

Air Traffic Controller Tower with a Boeing 777-300 of Taag Angola Airlines at Guarulhos International Airport in Sao Paulo Brazil

Polícia Federal brasileira investiga droga encontrada no voo da TAAG que fazia São Paulo-Luanda

Partilhar conteúdo

A TAAG – Linhas Aéreas de Angola confirmou, em comunicado, as informações postas a circular nas redes sociais que davam conta da presença de uma quantidade indeterminada de droga no voo que fazia ligação entre a cidade brasileira de São Paulo e Luanda, no dia 1 de Janeiro deste ano.

Na terça-feira, 3, circulou a informação, ilustrada com uma fotografia, dando conta que a tripulação do voo da companhia de bandeira angolana havia accionado, a 1 de Janeiro, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, no estado de São Paulo, as autoridades policiais brasileiras, após detectar a presença de um ‘artefacto’ contendo droga, escondido numa das casas de banho da aeronave.

As suspeitas, segundo a nota da TAAG, chegaram a ser confirmadas mais tarde pelas autoridades brasileiras, que passaram a limpo todo o voo, concluindo que se tratava efectivamente de um ‘artefacto’ que continha estupefacientes.

Um processo de investigação foi logo aberto e está a ser conduzido pela Polícia Federal do Brasil. No entanto, as diligências investigativas não impediram que o voo seguisse o seu itinerário normal.

Na nota, a TAAG manifestou-se disponível para colaborar nas acções de prevenção e combate às práticas ilícitas, “de forma a garantir a segurança operacional e dos passageiros”, e condenou “todo o tipo de práticas dolosas”.

ISTO É NOTÍCIA

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *