Médicos prestes a declarar “irreversibilidade” da situação de saúde de Eduardo dos Santos, adianta o Expresso

 Médicos prestes a declarar “irreversibilidade” da situação de saúde de Eduardo dos Santos, adianta o Expresso

O quadro de saúde do ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos, internado em coma induzido na unidade de cuidados intensivos do Centro Médico Teknon, em Barcelona, parece ter atingido um ponto de não retorno. Uma fonte do seu gabinete contou ao jornal Expresso que a situação é “praticamente irreversível”.

O jornal português avança mesmo que a equipa médica do Centro Teknon deverá reunir-se a qualquer momento para comunicar à família sobre a irreversibilidade da situação clínica de Eduardo dos Santos.

“Está nas últimas”. Foi a frase utilizada para descrever o quadro clínico de José Eduardo dos Santos, cuja situação de saúde teria-se agravado nas últimas 24 horas, tornando o quadro praticamente sem solução aparente.

De acordo com a fonte do Expresso, os resultados dos exames de tomografia realizados na segunda-feira, 27, deram conta de graves lesões isquémicas no cérebro que ainda não tinham sido detectadas.

No última quinta-feira, 23, um outro periódico português, o jornal de Negócios, avançou em primeira mão que o ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos se encontrava internado nos cuidados intensivos de uma unidade hospitalar em Barcelona, numa situação de saúde considerada “muito grave”.

A notícia veio a confirmar-se pouco tempo depois, com outros jornais portugueses a avançarem mais pormenores sobre o estado de saúde de José Eduardo dos Santos.

No país, a notícia sobre a situação de saúde de Eduardo dos Santos tem passado à margem dos principais serviços de informação e noticiosos, sabendo-se apenas que o Presidente João Lourenço telefonou à ex-primeira-dama da República Ana Paula dos Santos “em gesto de solidariedade”.

De 79 anos, o antigo chefe de Estado angolano terá visto o seu estado de saúde a agravar-se nos últimos dias por conta de um quadro depressivo bastante acentuado e uma abrupta perda de peso, estando neste momento a pesar, segundo o jornal de Negócios, não mais do que 53 quilos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.