Marginais no Cazenga assassinam cidadão de 57 anos por não dispor de 50 kz

Um cidadão de 57 anos de idade, identificado por Manuel António de Oliveira, foi morto por marginais, no início desta semana, por não dispor de 50 kwanzas. O crime aconteceu no distrito urbano do Kimakieza, no município do Cazenga.

A vítima, que circulava na via pública, foi interpelada pelos marginais que, em seguida, lhe solicitaram 50 kwanzas. Após dizer que não dispunha dos referidos valores, os marginais desferiram vários golpes na região do pescoço com uma faca, tendo este conhecido morte imediata.

Um dos coordenadores do bairro Kimakieza contou à imprensa que esta não foi a primeira vez que os marginais, a pretexto de valores mínimos, agridem as pessoas que circulam naquela zona, e que estes andam com as facas escondidas no interior das calças.

“No mesmo local tinham alvejado um senhor, mas, graças a Deus, este indivíduo não perdeu a vida. O sentimento de insegurança tem sido muito grande”, desabafou.

O director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional, superintendente Nestor Goubel, em declarações à Rádio MFM disse que dois dos presumíveis autores do crime foram detidos, e que a Polícia Nacional se encontra no encalço dos outros envolvidos.

Nok Nogueira

Nok Nogueira

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *