Isto é Notícia

Mali. Junta Militar dá 72 duas horas para que embaixador francês abandone o país

Partilhar conteúdo

A Junta Militar, no poder na República do Mali, decidiu, nesta segunda-feira, 31, expulsar o embaixador de França naquele país, Joël Meyer, aumentando a tensão nas relações bilaterais entre os dois países, anunciou a televisão estatal da nação africana ORTM.

Em comunicado de imprensa, citado pela ORTM, o governo da República do Mali informou à comunidade internacional que o embaixador francês em Bamako, Joël Meyer, foi convocado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional do Mali, Abdulaye Dio, que o notificou da decisão de abandonar o território maliano no prazo de 72 horas.

A decisão de expulsão, segundo fontes diplomáticas, está relacionada com as declarações de França, que não reconhece nem legitima as novas autoridades malianas, que reassumiram o poder através de golpes militares de 2020 e 2021.

Na semana passada, a ministra da Defesa francesa, Florence Parly, avisou que o seu país não continuaria a envolver-se militarmente “a qualquer preço” no Mali, onde mantém, desde 2013, tropas para lutar contra grupos ‘jihadistas’, após múltiplos desaires da Junta Militar, que está agora no poder em Bamako.

Isto É Notícia

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *