João Lourenço ordena ida imediata de Téte António a Barcelona para “acompanhar de perto” situação de saúde de JES

 João Lourenço ordena ida imediata de Téte António a Barcelona para “acompanhar de perto” situação de saúde de JES

O Presidente da República, João Lourenço, anunciou, esta terça-feira, 28, ter ordenado a “ida imediata” do ministro das Relações Exteriores, Téte António, para acompanhar a situação do estado de saúde do ex-chefe de Estado José Eduardo dos Santos.

“Angolanas e angolanos, caros compatriotas, o quadro de saúde do ex-Presidente José Eduardo dos Santos agravou-se consideravelmente nas últimas horas e, por este motivo, ordenei a partida de imediato para Barcelona do ministro das Relações Exteriores para acompanhar de perto a situação”, anunciou João Lourenço, através da sua página da rede social Facebook.

As notícias avançadas esta terça-feira pela imprensa portuguesa davam conta do agravamento do estado de saúde de Eduardo dos Santos, quatro dias depois de ter dado entrada no Centro Médico Teknon, em Barcelona, onde se encontra internado em coma induzido numa unidade de cuidados. Fala-se de uma situação “praticamente irreversível”.

O jornal português Expresso avançou que a equipa médica do Centro Teknon deverá reunir-se a qualquer momento para comunicar à família sobre a irreversibilidade da situação clínica de Eduardo dos Santos, no mesmo dia em que se soube que os resultados dos exames de tomografia realizados na segunda-feira, 27, teriam dado conta de graves lesões isquémicas no cérebro que ainda não tinham sido detectadas.

Entretanto, a filha do ex-chefe de Estado angolano Tchizé dos Santos refuta as informações e acusa o governo de João Lourenço de pretender levar a cabo uma eutanásia — isto é, uma morte assistida —, forçando a família a autorizar os médicos em Espanha a desligarem as máquinas às quais está José Eduardo dos Santos ligado.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.