João Lourenço: Conselho de Segurança da ONU “já não reflecte a realidade dos dias de hoje”

O Presidente da República, João Lourenço, afirmou, na quarta-feira, 25, que a postura do Conselho de Segurança das Nações Unidas “já não reflecte a realidade dos dias de hoje”, por existirem outros pólos de poder e muito por conta da evolução que o mundo tem conhecido “em todos os domínios”.

“Esse Conselho de Segurança, que toma as grandes decisões sobre a situação mundial, já não reflecte a realidade dos dias de hoje”, porque “surgiram outros pólos de poder” e “o mundo evoluiu em todos os domínios”, afirmou João Lourenço, quando questionado pelos jornalistas sobre o tema, após uma conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo senegalês, Macky Sall.

O João Lourenço assegurou que “vai continuar a defender, e com maior acutilância, a necessidade da reformulação do Conselho de Segurança das Nações Unidas”.

“Nem todos nos sentimos bem representados nesta instituição internacional. Particularmente a África, América Latina e uma parte da Ásia não se sentem bem representadas, os seus interesses não são defendidos quando é preciso”, salientou o Presidente angolano.

Em relação à necessidade de se dar mais atenção a África, João Lourenço disse que “a forma de o fazer é insistir junto das instituições internacionais, nomeadamente junto das Nações Unidas, para a necessidade da reformulação do Conselho de Segurança das Nações Unidas”.

Por sua vez, o Presidente senegalês, Macky Sall, disse concordar com os argumentos de João Lourenço, considerando que as regras que definem os países, naquele órgão das Nações Unidas foram estruturadas no cenário em que os países africanos “eram apenas colónias”.

*Com a Lusa

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.