Dívida do sector público não financeiro aumentou 5% em Julho para 389,4 mil milhões kz

 Dívida do sector público não financeiro aumentou 5% em Julho para 389,4 mil milhões kz

O endividamento do sector público não financeiro totalizou, no mês de Julho, cerca de 389,49 mil milhões de kwanzas, sendo 63,83% referentes à administração pública e 36,17% ligado às empresas públicas.

O montante corresponde a um crescimento de 18,77 mil milhões de kwanzas (5,06%) face ao período homólogo, de acordo com os dados estatísticos do Banco Nacional de Angola (BNA), publicados, esta semana, no seu site.

Segundo o banco central angolano, em Julho do corrente ano, o crédito bruto ao sector não financeiro cifrou-se em 4,84 bilhões kz, tendo registado um aumento de 5,34 mil milhões de kwanzas (0,11%) face ao período homólogo, dos quais, 91,95% dizem respeito ao endividamento do sector privado (empresas privadas e particulares) e 8,05% ao sector público (administração pública e empresas públicas).

Por sua vez, o stock de endividamento do sector privado (empresas privadas e particulares) registou uma redução de 13,43 mil milhões de kwanzas (0,30%), ao passar de 4,46 biliões kz, em Julho do ano passado, para 4,44 biliões kz, em Julho deste ano.

Deste valor, 3,54 biliões são referentes ao endividamento das empresas privadas não financeiras; uma diminuição de 37,45 mil milhões kz (1,05%) e 909,06 mil milhões kz aos particulares, um aumento de 24,02 mil milhões de kz (2,71%) face ao período homólogo.

Os dados do banco central indicam que, cerca de 15% do stock total de crédito a particulares corresponde ao crédito habitação, que no período em análise registou um aumento de 8,79%, passando de 124,68 mil milhões de kwanzas, em Julho de 2021, para 135,63 mil milhões kz, em Julho de 2022.​

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.