BNA aprova com recomendações plano de recapitalização e reestruturação do Banco Económico

O Banco Nacional de Angola (BNA), aprovou, com recomendações, nesta terça-feira, 21, o Plano de Recapitalização e Reestruturação do Banco Económico, S.A. (BE), apresentado pelo seu conselho de administração, com o objectivo de garantir a estabilidade do sistema financeiro angolano e a salvaguarda dos interesses dos seus depositantes.

Reunido em sessão extraordinária e ao abrigo das disposições da Lei do Banco Nacional de Angola e da Lei do Regime Geral das Instituições Financeiras, o BNA deliberou “monitorar a implementação do referido plano, introduzindo correcções que se mostrem necessárias à sua conclusão satisfatória”, revelou uma nota publicada, nesta quarta-feira, no site do banco central.

Há pouco menos de um mês, o BNA recomendou aos accionistas do Banco Económico a reforçarem o capital da instituição bancária até finais de Novembro. Em resposta, o Banco Económico pediu uma moratória de 15 dias para apresentar um Plano de Reestruturação.

O vice-governador do banco central, Rui Miguéns, que falava na altura em conferência de imprensa realizada no final da reunião do Comité de Política Monetária do órgão regulador da política monetária do país, disse que o pedido foi aceite, a contar 15 dias a partir do dia 22 de Novembro.

Na nota divulgada, o banco central alerta que poderá vir a interromper o referido processo, caso se demonstre que, por quaisquer circunstâncias, a sua viabilidade deixe de ser garantia, tomando as medidas que melhor protejam a estabilidade do sistema financeiro e o interesse público, de um modo geral.

O BNA tranquilizou, por outro lado, os clientes do banco, reiterando que, “com esta intervenção correctiva, para além do que decorre directamente das medidas enunciadas, não se alteram, neste momento, as relações de negócio do Banco Económico com os seus clientes.

Ou seja, que se mantêm imperturbadas as condições contratuais dos créditos concedidos pelo Banco Económico, bem como o funcionamento regular da sua rede de balcões e a possibilidade de os clientes realizarem todas as operações bancárias sem perturbações.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *