Isto É Notícia

4.ª edição do Festival Internacional de Curtas-Metragens ‘Fest Kianda’ decorre até sexta-feira no Centro Cultural Brasil-Angola

Partilhar conteúdo

A longa-metragem ‘A Pressa’, do cineasta angolano Ngouabi Silva, marcou a estreia da 4.ª edição do Festival Internacional de Curta Metragem da Kianda (Fest Kianda), que teve abertura na passada sexta-feira e decorre até ao dia 27 de Janeiro, no Centro Cultural Brasil-Angola.

O filme faz abordagem de “um chefe de uma empresa muito atarefado, que solicita com alguma arrogância a presença do seu subordinado na sua sala, mas usa e abusa de uma expressão popular que o empregado leva “à letra”, fazendo com que o resultado não corre como o esperado.

O evento é parte das celebrações de mais um ano do aniversário da cidade de Luanda, que prevê, além da exibição de filmes, debates, palestras e outras atracções, tendo, no último fim-de-semana, ocorrido já uma mesa redonda que juntou os realizadores Ery Claver e Samaritano Bondoso, onde foi discutido a problemática da produção cinematográfica em Angola.

Durante o evento foi também homenageado o cineasta angolano Asdrúbal Rebelo, pela sua contribuição para o desenvolvimento da sétima arte em Angola, tendo sido parte activa da primeira geração de cineastas que se despontou no país.

Até sexta-feira estão previstas as exibições de mais de 30 filmes dos Países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), entre os quais se destacam o Brasil, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné Bissau.

Sob o lema ‘Cinema como fonte de desenvolvimento’, o programa prevê atribuir 25 distinções e certificados de participação em diversas categorias, tais como ao Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Actor, Melhor Actriz, Melhor Figurino e Melhor Fotografia.

O Fest-Kianda é um evento que visa homenagear os cineastas da CPLP pelo contributo destes ao sector cinematográfico. Nesta 4.ª edição, a organização encabeçada por Vânio Luís de Almeida, preparou igualmente a realização de animações, debates, a exibição de documentários e a animação de palestras.

ISTO É NOTÍCIA

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *