Rui Orlando apresenta-se pela primeira vez a solo no Coliseu dos Recreios e estreia o álbum ‘Consagração’

 Rui Orlando apresenta-se pela primeira vez a solo no Coliseu dos Recreios e estreia o álbum ‘Consagração’

O cantor angolano Rui Orlando vai apresentar o seu novo álbum ‘Consagração’, a 19 de Novembro do corrente ano, naquele que será o seu primeiro concerto a solo em terras lusas, no Coliseu dos Recreios, cerca de dois meses depois de ter prestigiado o espetáculo de Anna Joyce, na qualidade de convidado especial.

Com um conjunto de 13 faixas musicais, o álbum de originais ‘Consagração’ é o terceiro trabalho discográfico de Rui Orlando, produzido nos estilos kizomba, zouk, rap e afro pop, e conta com a participação dos artistas Anderson Mário, Djodje, Rookie 3nity, Príncipe Ouro Negro, Plazza e Euclides da Lomba.

O título do novo álbum do cantor é resultado de todo o seu percurso artístico até alcançar a sua afirmação nas lides musicais angolanas, o que o leva hoje a partilhar actualmente o mesmo palco com alguns dos seus ídolos que num passado recente Rui Orlando via apenas pela televisão.

Além dos hits que lhe abriram as portas do mercado português, como ‘Me leva contigo’ que regravou ao lado de Bárbara Bandeira, ‘Prometo’, single de arranque do primeiro álbum do artista e ‘Que nada nos separe’, Rui Orlando apresentará, pela primeira vez ao vivo em Portugal, algumas das faixas que compõem o álbum ‘Consagração’.

Entre kizomba, zouk, tarraxinha e R&B, este concerto marcará a carreira de Rui Orlando, não apenas por assinalar a sua estreia a solo numa das principais salas de espetáculo de Portugal, mas também porque será cheio de ritmo numa noite em que promete ser épica.

Rui Orlando iniciou a sua carreira musical aos 18 anos de idade, quando, apaixonado por diversos ritmos, fazia desta o seu consolo nas suas rotinas na escola na companhia de amigos e familiares, que o incentivaram a participar no concurso ‘Angola Encanta’, do qual se sagrou vencedor em todas as categorias de diferentes estilos musicais, pela sua performance com uma voz única e diferente de todos os artistas da sua geração.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.