Petro de Luanda assina contrato de parceria com a La Liga e o Vilarreal

A direcção do Petro de Luanda, liderada por Tomás Faria, celebrou, na última semana, um protocolo de cooperação e consultoria com a espanhola La Liga e com o Vilarreal até 2023, através do qual a equipa angolana irá beneficiar de formação em comunicação e marketing e ser municiado com as melhores práticas de gestão internacional à volta do negócio extra-desportivo dos clubes, apurou o !STO É NOTÍCIA.

Em nota a que este portal teve acesso, a direcção tricolor considerou que a parceria é um “marco histórico para o clube”, pois visa dar uma intervenção e renovação directa em áreas críticas do clube, nomeadamente marketing e comunicação, eventos, gestão de patrocínios, fan engagement (um conceito de marketing utilizado pelas federações, associações, ligas e clubes para fortalecer as suas relações com seus fãs, e com isso aumentar de forma sustentável a participação deles).

O fim último desta parceria, de acordo com informações disponibilizadas pela equipa tricolor, será o de “posicionar a marca do clube no ambiente socioeconómico nacional e internacional, agregando valor ao emblema da capital e todos os seus parceiros, promovendo, com isso, oportunidades para criação de um ambiente de negócio gerador de receitas extra e novas para uma maior sustentabilidade e autonomia da própria agremiação”.

Na nota a que este portal teve acesso, as partes não avançam, para já, os valores envolvidos, nem os termos do acordo que vai até 2023, mas fontes próximas com domínio do dossier adiantam que o acordo de parceria está muito longe de se tratar de um “almoço grátis”, sendo que os ‘tricolores’ irão desembolsar alguma verba aos espanhóis da La Liga, tendo em vista a concretização dos seus objectivos de autonomia financeira para o quadriénio 2020-2024.

O encontro de apresentação da parceria ocorreu numa das unidades hoteleiras da capital, tendo este contado com a presença do representante da La Liga em Angola e Moçambique, Edmundo Endje, do secretário de Estado para o Desporto, Carlos Almeida, representantes da Embaixada de Espanha em Angola e, de forma virtual, contado com a participação de Javier Tebas e Oscar Mayo, presidente e director-geral da La Liga, respectivamente.

Desde a tomada de posse do elenco de Tomás Faria, em Julho de 2020, o departamento de comunicação e marketing, liderado por Rui Matias, tem-se desdobrado na mudança desta área crítica do clube, é aquele rosto que mais trabalho tem estado a desenvolver, tendo dado maior dinâmica às actividades desenvolvidas e uma abordagem mais dinâmica para manutenção do público existente e captação de novos sócios e adeptos, mesmo tendo como maior obstáculo actual a pandemia da Covid-19, que limitou e condicionou a interacção entre o clube e os fãs.

Uma nova abordagem tem sido feita pela área de comunicação e marketing, facto que é sentido pelos sócios, adeptos e simpatizantes, que não ficam alheios às mudanças ocorridas muito por força da aposta numa maior e mais interactiva abordagem nas redes sociais, como são os casos do Instragram, Tik tok, Twitter e o Facebook.

Em 2015, quando foi lançada a página do clube nas redes sociais, o Petro tinha, até Julho de 2020, 143 mil seguidores. De lá para cá, o clube já atingiu o número superior a 260 mil seguidores, sendo a página oficial de um clube em Angola com maior crescimento nos últimos 12 meses.

Em paralelo, na última semana, após mais de quatro anos inoperante, o Petro de Luanda voltou a colocar no ar o seu site (www.petroatletico.co.ao), o que permitiu “revolucionar”, até certo ponto, a ligação do clube com os seus associados, que desde Outubro têm ao seu dispor algo inédito no país: a entrada ‘Passe Época’, que permite o acesso a todos os jogos dos tricolores (Girabola, Taça de Angola e Liga dos Campeões) na qualidade de visitado.

A nova abordagem do Petro de Luanda na área de comunicação e marketing, o histórico de transparência e os objectivos preconizados para a gestão do clube foram fundamentais para o interesse dos responsáveis da La Liga e assim se associarem à agremiação desportiva angolana.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *