Pai mata filho de 14 anos com um disparo acidental de arma de fogo enquanto consumiam bebidas alcoólicas

Um cidadão angolano de 35 anos de idade foi detido, no último fim-de-semana, pela Polícia Nacional (PN), pela presumível autoria do crime de homicídio qualificado, com recurso à arma de fogo, do tipo pistola, em que foi vítima o seu próprio filho menor de 14 anos, quando ambos consumiam bebidas alcoólicas, no município do Talatona, em Luanda.

A informação foi avançada, nesta segunda-feira, 2, pelo porta-voz do Comando Provincial de Luanda da PN, superintendente Nestor Goubel, em declarações à imprensa, quando procedia ao balanço das últimas 72 horas da segurança pública na capital do país.

De acordo com Nestor Goubel, que avançou o facto à imprensa sem, no entanto, revelar a identidade do malogrado, a tragédia ocorreu no bairro Dangereux, quando pai e filho conviviam.

Dados apurados pela PN, o homem, que empunhava uma pistola, efectuou supostamente, por descuido, um disparo que atingiu a região craniana do menor, tendo provocado a sua morte imediata.

Neste mesmo período, a Polícia deteve 148 cidadãos suspeitos de praticarem diversos crimes, com maior destaque para quatro homens, por presumível autoria de crimes de abuso sexual em que foram vítimas quatro cidadãs angolanas, incluindo três menores com idades entre os 15 e 17 anos, e dois cidadãos de 18 e 34 anos de idade, por uso indevido de armas de fogo do tipo pistola.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.