Isto É Notícia

Morreu o general Kamorteiro, um dos co-signatários dos Acordos de Paz para Angola

Partilhar conteúdo

Morreu o general Abreu Muengo Ukwachitembo, mais conhecido pelo seu nome de guerra ‘Kamorteiro’, um dos co-signatários dos Acordos de Paz para Angola, rubricados a 4 de Abril de 2002 entre o governo e a UNITA, ao lado do general Armando da Cruz Neto, o então chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA).

A notícia da morte do general Kamorteiro começou a ser veiculada na manhã desta segunda-feira, 28, através das redes sociais, e dava conta da ocorrência na última madrugada, no Hospital Militar Principal, em Luanda, para onde fora levado de urgência pela família, depois de se ter queixado de um mal-estar em casa.

A UNITA, através do seu porta-voz, Marcial Dachala, confirmou o infortúnio, limitando-se a confirmar a informação avançada por familiares e colegas castrenses.

Biografia

Kamorteiro é o nome de guerra do general Abreu Muengo Ukwachitembo. Kamorteiro, que em língua nacional umbundu significa pequeno morteiro, é um nome de guerra atribuído a si por ser um dos melhores especialistas de artilharia terrestre na extinta FALA, braço militar da UNITA.

Kamorteiro, que foi nascido em 1959, na província do Bié, desempenhou o cargo de responsável máximo do alto comando das Forças Armadas de Libertação de Angola (FALA), então militares da UNITA; chefe de Estado-Maior destas forças até à assinatura dos Acordos de Paz do Luena.

Após a assinatura do Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka, em Luanda, já enquadrado nas Forças Armadas Angolanas, com cargo de chefia, dedicou-se a terminar os seus estudos, tendo efectuado uma licenciatura em História. Fez posteriormente o mestrado em História de Angola no Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED).

O general Kamorteiro era até então chefe de Estado-Maior General Adjunto para Área Operacional e de Desenvolvimento das Forças Armadas Angolanas (EMG-FAA).

ISTO É NOTÍCIA

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *