Isto é Notícia

Modernização da TPA custou aos cofres do Estado mais de 35 milhões de euros

Partilhar conteúdo

Mais de 35 milhões de euros (cerca de 15,7 mil milhões de kwanzas) foram gastos pelo Estado no processo de modernização da Televisão Pública de Angola (TPA), informou o ministro das Telecomunicações Tecnologia de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem.

Ao discursar, nesta segunda-feira, 30, durante o acto de lançamento da transmissão da TPA em HD (High Definition, alta definição, em português), Manuel Homem fez saber que a partir do dia 15 de Julho deste ano, a estação pública vai passar a contar com um canal exclusivo de notícias, denominado ‘TPA Notícias’, e em Outubro passará a contar com um canal exclusivo para desporto e cultura, designado ‘TPA Desporto’ e ‘Cultura’, que resultará da fusão do Canal 2 e da TV Palanca.

“Com este investimento, a TPA passará até ao próximo dia 15 de Julho a emitir um novo canal, o primeiro no país exclusivamente dedicado a notícias que se denominará TPA Notícias”, afirmou o ministro, acrescentando que a fusão do canal 2 da TPA e a TV Palanca irá ocorrer no dia 18 de Outubro do ano em curso.

A cerimónia de inauguração da Central de Notícias da Televisão Pública de Angola, agora em HD, situada no distrito da Camama, em Luanda, foi presidida pelo Presidente da República, João Lourenço, e contou com a presença de outras entidades do governo e figuras ligadas à administração da TPA e do departamento ministerial de tutela.

Fundada em 1975, a principal emissora de televisão pública do país conta actualmente com três canais de transmissão, a TPA 1, TPA 2 e a TPA Internacional, que emite além-fronteiras.

Isto É Notícia

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *