Isabel II recusa prémio “Idoso do Ano” por não cumprir os “critérios relevantes”

A Rainha britânica, Isabel II, de 95 anos, aconselhou a revista britânica ‘The Oldie’ a encontrar “um destinatário mais adequado” para homenagear, negando assim o título que lhe foi atribuído de ‘Idosa do Ano’. A monarca, que acredita que temos a idade que sentimos, rejeitou o prémio afirmando que “uma pessoa é tão velha quanto se sente”.

Citada pela revista, que divulgou a carta da monarca enviada para a redacção da ‘The Oldie’, Isabel II resolveu “educadamente, mas com firmeza” recusar o prémio “Idoso do Ano” por sentir que não cumpre os “critérios relevantes” para aceitar a distinção. “Que os organizadores possam encontrar “um destinatário mais adequado”, lê-se.

O prémio tem já quase três décadas de atribuição e pretende reconhecer, entre os mais velhos, personalidades que tenham feito contribuições notáveis para a sociedade.

Na lista dos laureados constam o ex-primeiro-ministro John Major, o artista inglês David Hockney e a actriz anglo-americana Olivia de Havilland, tendo o próprio duque de Edimburgo, marido da Rainha, recebido o título quando tinha 90 anos.

Apesar de recusar o prémio, Isabel II fez-se representar na cerimónia de atribuição realizada no Hotel Savoy, em Londres. Coube a Camila Parker-Bowles assistir ao evento, onde outros seniores foram homenageados.

Em 2011, quando foi distinguido, Filipe de Edimburgo reagiu com humor. “Nada melhor para o moral do que ser lembrado como os anos passam – cada vez mais depressa – e que a velha carcaça começa a desmoronar. De qualquer modo, é bom que se lembrem de nós”, escreveu na carta de agradecimento.

*Com o jornal Expresso

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *