Falso médico é detido após realizar cirurgia a uma mulher que acabou morta

Um ancião de 80 anos de idade foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no município de Menongue, na província do Kuando Kubango, sob acusação de ter realizado uma cirurgia a uma mulher de 48 anos de idade, para curar um abcesso no pescoço, que a levou à morte.

De acordo com as autoridades de investigação criminal, que não revelaram a identidade da vítima, a tragédia ocorreu no último domingo, 5, no bairro da Paz, quando a lesada, na companhia de uma vizinha, solicitou ao acusado que lhe operasse um abcesso no pescoço, tendo o mesmo se recusado a princípio, por não dispor de material para o efeito.

Inconformada, a vítima teria obrigado o falso cirurgião a efectuar o procedimento cirúrgico, por antes já ter sido pago dois mil kwanzas, como garantia de um acordo de valores monetários na ordem dos 30 mil kwanzas.

Horas depois de ter sido feita a dita intervenção cirúrgica, a mulher teve complicações, acabando mesmo por morrer.

Em comunicado, o SIC avançou que a detenção do acusado sucedeu mediante denúncia anónima. Aquando da detenção, o implicado alegou ser médico cirurgião desde 1977, e que tinha formação na área, feita na Escola Polivalente do Bei, na localidade da Jamba.

O cidadão nacional, detido pelo crime de falsa qualidade, cuja identidade também não foi revelada, já foi encaminhado para o Ministério Público para conhecer as medidas de coacção, garantiu o SIC.

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.