Covid-19. Brasil regista 761 mortes em 24h00 e 39 mil novas infecções

O Brasil aproximou-se, nesta segunda-feira, 21, dos 18 milhões de contágios desde o início da pandemia. Nas últimas nas últimas 24 horas, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) reportou um total de 761 vítimas mortais associadas à Covid-19 e mais 38.903 infectados.

Com esta actualização, o país passou a contabilizar, desde o início da pandemia, 17.966.831 casos positivos e 502.586 óbitos. Neste momento, a taxa de letalidade encontra-se nos 2,8% e a taxa de incidência os 8.549,6 casos por 100 mil habitantes.

Ainda de acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira, 21, o estado de São Paulo continua a ser o mais afectado pela pandemia no país, contando, desde o surgimento do primeiro caso no país, com 3.587.646 contágios e 122.258 mortos. Segue-se Minas Gerais, que soma 1.739.929 infectados e 44.583 vítimas mortais, e depois o Paraná que regista 1.217.064 casos e 30.038 óbitos.

Apesar de ter superado os 500 mil mortos devido à pandemia, o Presidente do Brasil manteve, ontem, 21, silêncio sobre a questão. Horas depois, o ministro da Saúde do Brasil, Marcelo Queiroga, disse que ao ritmo actual o país terá toda a população adulta acima de 18 anos vacinada com uma dose contra a covid-19 até Setembro.

*Com Observador

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *