Isto é Notícia

Vila da Muxima será financiada por um sindicato de bancos internacionais e custará 112,2 milhões de euros

Partilhar conteúdo

O governo aprovou, recentemente, um acordo de financiamento no valor de 112,2 milhões de euros, para a construção da Vila da Muxima, local onde está situado o maior santuário católico do país, no município da Quiçama, em Luanda.

O acordo foi celebrado, de acordo com o Despacho Presidencial n.º 70/22, de 12 de Abril, entre o Ministério das Finanças, em representação do governo angolano, e um sindicato formado por vários bancos internacionais, entre os quais, o Banco BAI Europa, enquanto agente de financiamento, o Millennium bcp (de Portugal) e o Banco Atlântico Europa (BAE).

O valor do financiamento inclui o pagamento de 100% do valor da comissão de garantia do Banco Português de Fomento (BPF) e 85% correspondente ao valor do contrato comercial.

À ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, foi delegada a responsabilidade de proceder à assinatura do acordo e de toda a documentação relacionada com o mesmo.

Situada a cerca de 130 quilómetros da cidade de Luanda, Muxima é a comuna sede do município da Quiçama (maior município da capital), com uma área de 2.670 km2 e conta com uma população estimada em mais de 8.116 habitantes, segundo dados do último censo populacional, realizado em 2014.

O seu maior centro turístico é o santuário de Nossa Senhora da Muxima, que recebe anualmente mais de cinco milhões de visitantes, entre turistas e peregrinos.

Isto É Notícia

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *