SIC detém ex-agente da PN e soldado das FAA envolvidos em crimes de burla com cartões multicaixa

O Serviço de Investigação Criminal SIC deteve, em Luanda, um grupo de quatro elementos, dentre os quais um ex-agente da Polícia Nacional e um cabo das Forças Armadas Angolanas (FAA), que se dedicavam à burla utilizando cartões multicaixas e seus respectivos códigos, na sua maioria associados ao Banco de Poupança e Crédito (BPC). Aos criminosos estão também a ser imputado o crime de uso ilegal de arma de fogo.

Segundo um comunicado do SIC, os detidos enganavam vários cidadãos solicitando a cedência de cartões multicaixa com os seus respectivos códigos e números de contas bancárias, preferencialmente do BPC, garantindo-os como recompensa valores que variavam entre os 100 e 200 mil kwanzas.

Os quatro indivíduos implicados no crime de posse ilegal de arma de fogo e uso abusivo de cartões de crédito, de débito ou garantia, usavam como pretexto, para enganarem as suas vítimas, a alegação de situações de urgência, tais como transferências ou pagamentos de alguma coisa importante.

“Após esta façanha ludibriadora obter sucesso, os donos dos cartões aceitavam o negócio e entregavam o cartão ao mandante, e este, por sua vez, efectuava um depósito nas mesmas contas com valores que rondavam os um milhão e dois milhões de kwanzas”, esclareceu o SIC.

Os suspeitos, que se aproveitavam da fragilidade do sistema bancário do BPC, horas depois esvaziavam as contas dos cidadãos lesados com a utilização dos cartões para fazerem transferência para as outras contas em somas superiores ao valor depositado.

Três a quatro milhões de kwanzas são somas em dinheiro que as vítimas viam a ser roubados de suas contas bancárias. Ao aperceber-se da fraude, o banco notificava os respectivos donos das contas e só assim é que eram informados sobre o ilícito ao qual eram alvos.

No comunicado, o SIC ressaltou, de forma positiva, a colaboração de algumas instituições bancárias para o esclarecimento do assunto.

Adelino Kamongua

Adelino Kamongua

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *