Isto é Notícia

Professores do ensino geral decretam greve até ao dia 30 de Novembro

Partilhar conteúdo

O Sindicato Nacional de Professores (SINPROF) anunciou, esta quarta-feira, 23, o início de uma greve nacional interpolada que deverá abranger as instituições públicas de ensino não universitário em todo o país  até 23 de Janeiro de 2023, avançou à imprensa o presidente do órgão sindical, Guilherme Silva.

Segundo o SINPROF, a paralisação será feita em três fases, a primeira de 23 a 30 de Novembro de 2022, a segunda de 6 a 16 de Dezembro do mesmo ano e a última de 3 a 31 de Janeiro do próximo ano, sendo que em causa está o não cumprimento, por parte do executivo, de alguns pontos constantes do caderno reivindicativo.

Entre os dez pontos constantes no caderno reivindicativo, os profissionais destacam a revisão do estatuto dos agentes da educação; a revisão do estatuto remuneratório e melhoria das condições de trabalho, e exigem ainda da entidade patronal a separação do salário e do subsídio de férias na folha de salário.

Importa salientar que a paralisação das aulas, que começa esta quarta-feira, poderá atingir o período das provas trimestrais, que vai de 8 a 16 de Dezembro de 2022, caso o Ministério da Educação não se predisponha a atender as exigências da classe.

Isto É Notícia

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *