PN desmantela rede criminosa que se dedicava à clonagem de cartões multicaixas

A Polícia Nacional (PN) desmantelou, nesta segunda-feira, 6, no município da Quiçama, uma rede criminosa composta por cinco elementos, que se dedicava à prática de clonagem de cartões multicaixas e subtracção de valores monetários em contas bancárias.

Para a prática dos crimes, os envolvidos — com idades compreendidas entre os 30 e 59 anos, sendo três nacionais e dois de nacionalidade nigeriana —, usavam um dispositivo electrónico de clonagem de cartões, que lhes permitia depois subtrair os valores monetários das contas bancárias dos cidadãos.

O porta-voz do Comando Provincial da PN, superintendente Nestor Goubel, contou que a acção dos efectivos de defesa e segurança, de que resultou na detenção dos cinco elementos, foi desencadeada depois de várias denúncias de clonagem de cartões e  relatos de pagamentos e transferências fraudulentas de valores monetários, subtraídos das contas de vários cidadãos lesados.

No decorrer das investigações, a polícia ficou a saber, por intermédio de um cidadão da comuna do Cabo Ledo, que denunciou o facto, que mesmo tendo o seu cartão em sua posse, notou que estavam a ser efectuadas várias operações de somas monetários através da sua conta bancária.

No acto da detenção, a PN apreendeu também uma viatura de marca Kia Rio, de cor vermelha, com a chapa de matrícula LD 65 66 F1, 15 cartões multicaixas, uma máquina de película de telefones, uma máquina de clonagem de cartões, 4 mil dólares norte-americanos, 132.200 kwanzas e cinco telefones de diversas marcas.

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.