Palancas Negras iniciam campanha rumo ao CAN2023 contra a RCA no 11 de Novembro 

A Confederação Africana de Futebol (CAF) efectuou, nesta terça-feira, 19, na África do Sul, o sorteio de apuramento ao Campeonato Africano das Nações (CAN 2023), evento a disputar-se entre Junho e Julho do próximo ano na Côte d’Ivoire. De acordo com dados divulgados, a selecção nacional estreia a campanha em casa, no estádio 11 de Novembro, frente à República Centro Africana (RCA).

No emparceiramento, além da RCA, os Palancas Negras ficaram no Grupo E, ao lado do Madagáscar e do Gana, sendo esta última selecção, pelo futebol praticado, taxada como a favorita a apurar-se para a fase final do maior evento futebolístico a nível de selecções em África.

A primeira dupla-jornada de apuramento ao CAN, segundo a CAF, será disputada de 1 a 14 de Junho, enquanto as terceiras e quartas jornadas serão entre os dias 19 e 27 de Setembro. Por fim, as quintas e sextas jornadas decorrem de 20 a 28 de Março de 2023.

Nesta fase, participam 48 países, divididos em 12 grupos de quatro selecções. Os dois primeiros países de cada grupo apuram-se para a fase final do CAN.

Minutos após a realização do sorteio, o técnico dos Palancas Negras, Pedro Gonçalves, no comando da selecção angolana desde 2019, reagiu em conferência de imprensa ao sorteio.

Além do “sonho”, o treinador de 46 anos garantiu que tudo será feito para que a qualificação dos Palancas Negras se torne uma realidade. “Este é um grupo equilibrado e devemos criar as condições necessárias para a nossa qualificação”, frisou.

Pedro Gonçalves considera que o Gana é o principal favorito do grupo, dado o seu histórico e por ser também um dos cinco representantes de África no Mundial do Qatar, a disputar este ano.

No entanto, o seleccionador nacional reconhece ser necessário respeitar todas as selecções do grupo e trabalhar para vencer os jogos, sobretudo os disputados na condição de anfitrião.

Questões administrativas e logísticas são os principais factores apontados pelo técnico que tiveram na base da não qualificação dos Palancas Negras no CAN que em Janeiro se disputou nos Camarões e no Mundial de Dezembro próximo no Qatar.

Última participação dos Palancas Negras aconteceu em 2019 

A última participação dos Palancas Negras no evento continental aconteceu em 2019, na altura sob comando do sérvio Srdjan Vasiljevic (actual treinador do1.º de Agosto), e viu-se, por ingenuidade, eliminada ainda na fase de grupos, após perder por 1-0, diante do Mali.

Nesse ano, para garantir a sua presença nos oitavos-de-final, a selecção nacional precisava apenas de um empate, isto na condição de um dos melhores terceiros classificados, mas foram incapazes de obter tal resultado, deitando por terra o objectivo traçado, o de fazer melhor que os quartos-de-final das edições de 2008, no Gana, e 2010, em Angola.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.