Isto É Notícia

Ondjaki arrebata Prémio Literário Vergílio Ferreira 2023

Partilhar conteúdo

O escritor angolano Ndalu de Almeida ‘Ondjaki’ arrebatou, nesta quarta-feira, 11,   o Prémio Vergílio Ferreira 2023, da Universidade de Évora (UÉ), revelou a academia alentejana.

O júri determinou, por unanimidade, a distinção do Prémio Vergílio Ferreira 2023 a Ondjaki, pelo contributo que faz para que a língua portuguesa “seja língua de reconciliação” e “de consciência crítica”.

Criado pela Universidade de Évora em 1996, para homenagear o escritor que lhe dá o nome, o Prémio Literário Vergílio Ferreira destina-se a premiar anualmente o conjunto da obra literária de um autor de língua portuguesa relevante nos domínios da ficção e/ou ensaio.

Ndalu de Almeida, conhecido como Ondjaki, nasceu em Luanda, em 1977. Sociólogo de formação, é poeta, romancista, roteirista e principalmente escritor.

A Universidade de Évora foi fundada a 1 de Novembro de 1559 pelo Cardeal D. Henrique, arcebispo de Évora, mais tarde Rei de Portugal, a partir do Colégio do Espírito Santo. Foi instituída por bula do Papa Paulo IV, como Universidade do Espírito Santo e entregue à Companhia de Jesus, que a dirigiu durante dois séculos.

ISTO É NOTÍCIA

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *