Isto é Notícia

Mercado de Seguros quebra recorde e atinge 271,3 mil milhões kz com a emissão de prémios

Partilhar conteúdo

O mercado segurador nacional emitiu, de forma global, em 2021, cerca de 271.3 mil milhões de kwanzas. O montante atingido ultrapassou o maior número até então já registado, de 223 mil milhões kwanzas, alcançado em 2020.

Contas feitas pelo !STO É NOTÍCIA, com base nos indicadores trimestrais publicados pela Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros (ARSEG), apontam que, só no último trimestre do ano passado, foram emitidos prémios de 81,6 mil milhões kwanzas, sendo o período mais alto do ano.

No terceiro trimestre, emitiu-se 73,2 mil milhões de kwanzas e no segundo e primeiro foram emitidos 68,8 mil milhões kwanzas e 47,5 mil milhões kz, respectivamente.

Durante o ano de 2021, o ramo ‘vida’ emitiu um total de 8,7 mil milhões kwanzas, e o ‘não vida’ emitiu 262.6 mil milhões kwanzas.

Quanto aos custos com os sinistros (indemnizações), o ramo ‘não vida’ foi o que mais acarretou custos, com 48,8 mil milhões kwanzas, ao passo que o sector Vida gerou custos em torno dos 2.1 mil milhões kwanzas.

O mercado de seguros angolano é composto por 19 seguradoras, nomeadamente a ENSA-Seguros de Angola; Nossa Seguros; Fidelidade; Sanlam; Prudencial; Aliança Seguros; Fortaleza; BIC Seguros; Global Mundial; Protteja; Liberty & Trevo; STA Seguros; Triunfal; Tranquilidade;  Sol Seguros; Bonws; Royal e Gian seguros.

Bernardo Pires

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *