João Lourenço considera que a oposição está a emitir “sinais de incapacidade para disputar as eleições de Agosto”

O presidente do MPLA, João Lourenço, acusou, nesta segunda-feira, 23, em Luanda, a oposição de estar a acusar alguns “sinais evidentes de incapacidade para disputar as eleições de Agosto próximo, por perderem tempo a promover e organizar actividades de desestabilização social”.

“Algumas formações políticas estão a dar sinais evidentes de não estarem preparadas para disputar estas eleições, porque perderam tempo a promover e a organizar actividades de desestabilização social, de vandalismo, que atentaram mesmo contra a segurança pública e o património público, que a todos nós pertence”, afirmou João Lourenço, ao discursava na abertura da I reunião extraordinária do Comité Central MPLA.

O líder do partido no poder criticou os adversários políticos de estarem a levar a cabo uma campanha interna e externa de descredibilização das eleições, um alegado acto que considera incompreensível.

“Os nossos adversários, mesmo sendo parte da organização das eleições, porque estão na Assembleia Nacional onde se aprovam as leis, incluindo as leis eleitorais, mesmo estando na Comissão Nacional Eleitoral (CNE), onde têm comissários a todos os níveis, sendo, portanto, parte das deliberações tomadas a estes níveis, estão a levar a cabo uma campanha interna e externa de descredibilização das eleições”, referiu.

João Lourenço alertou os “camaradas” para estarem vigilantes por considerar o momento pré-eleitoral desafiador.

“Embora estejamos na época de frio, do cacimbo como vulgarmente chamamos, o calor da pré-campanha e da campanha propriamente dita vai subir, no bom sentido. Vamos trabalhar mais e dormir menos para garantir a vitória, mas temos de saber gerir o tempo e as nossas energias, gerir a carga física e emocional, gerir todo o tipo de recurso quer seja humano ou logístico no sentido mais amplo”, recomendou João Lourenço aos seus correligionários do partido.

*Com a Lusa

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.