Isto é Notícia

Governo recorre a empréstimos acima dos 100 mil milhões kz para suportar construções de hospitais gerais em três províncias

Partilhar conteúdo

O Presidente da República (PR), João Lourenço, assinou recentemente vários despachos presidenciais a autorizar a celebração de três acordos de financiamento entre Angola — representada pelo Ministério das Finanças — e o Standard Chartered Bank, da Inglaterra, no valor global de 148,7 milhões de euros, para financiar 85% das obras de construção e apetrechamento de três hospitais gerais nas províncias de Benguela, Malanje e Lunda-Norte.

No Despacho Presidencial n.º 97/22, de 28 de Abril, o PR autoriza o acordo de financiamento no valor de 48,9 milhões de euros, para cobrir 85% da empreitada de construção e apetrechamento do Hospital Geral do Dundo, na província de Lunda-Norte.

Num outro diploma, isto é, com o n.º 98/22, de 28 de Abril, é autorizado um outro acordo para o financiamento de 85% da construção e apetrechamento do Hospital Geral da Catumbela, em Benguela, no valor de 48,9 milhões de euros.

Um terceiro despacho, n.º 99/22, de 28 de Abril, é autorizado o acordo de financiamento igualmente de 85% da empreitada de construção e apetrechamento do Hospital Geral de Malanje, no valor de 48,8 milhões de euros.

Em cada um dos contratos é adicionado 8,4 milhões para assegurar o down payment (pagamento inicial) e 100% da taxa de mitigação de risco.

Os respectivos acordos contam com a cobertura da Agência de Crédito à Exportação Francesa (BPI France).

Isto É Notícia

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *