Fome leva crianças do Bairro das Tendas, em Viana, a trocarem sexo por comida

Várias crianças e adolescentes residentes no antigo campo de acolhimento de refugiados, popularmente conhecido como bairro das Tendas, no município de Viana, estão a trocar sexo por comida, por conta da fome que tem afligido as famílias que aí residem. A denúncia é dos próprios pais das crianças à reportagem da Rádio Despertar.

Informações avançadas nesta sexta-feira pela estação radiofónica apontam que, como consequência dessa permuta, nos últimos meses o número de crianças grávidas não pára de crescer, situação que deixa preocupados os pais e encarregados de educação.

Uma moradora ouvida pela Despertar, que não se identificou, culpou a falta de instituições que ocupem as crianças e adolescentes no bairro como sendo um dos motivos que tem levado a esse estado de coisas, incluindo o envolvimento com actos de prostituição, que acabaram por resultar em gravidez.

“As crianças todas estão a prostituir-se. [Crianças] de 13 e 11 anos todas estão grávidas. As crianças daqui ninguém as ocupa. Não tem escola, não tem nada. O que é que vai fazer, não fica grávida?”, questionou a moradora.

A cidadã revelou que as menores costumam a frequentar com regularidade as casas da vizinhança que dispõem de bens alimentares e que é nessas residências onde muitas vezes são lhes proposta a oferta de comida em troca de sexo.

Um outro morador disse à Rádio Despertar que uma de suas filhas quase perdeu a vida ao entrar em serviço de parto, mas que, graças à intervenção médica, nada de mais grave aconteceu.

“O que nós queremos mesmo é sair daqui. Pelos menos um espaço, mesmo que nos derem chapa”, clamou o morador Domingos César, que reclamou da fome, uma vez que se passavam dois dias que não punha nada no estômago, por não ter o que comer.

“A fome aqui é grave. Há dois dias não estou a alimentar-me”, desabafou Domingos César, dizendo que, por conta da fome, até as esposas também têm ido até às lixeiras em busca de objectos para ‘pesarem’.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.