EUA. Vacina contra a covid-19 passa a ser obrigatória para funcionários públicos

Os Estados Unidos da América (EUA) admiram estar a enfrentar dificuldades para atingirem a imunidade de grupo, sobretudo experimentando aquilo a que chamam de ‘uma pandemia de não-vacinados’.  Para contrapor este revés, a administração Biden vai tornar obrigatório a vacinação a todos os funcionários públicos e ainda garantir um incentivo de 100 dólares para quem decidir vacinar-se.

Um comunicado da Casa Branca divulgado nesta quinta-feira, 29, e citado pelo portal G1, informa que o governo dos Estados Unidos vai obrigar os funcionários públicos que não estejam vacinados contra a Covid-19 a apresentarem testes semanais negativos para a doença.

A medida foi anunciada pelo Presidente Joe Biden, num pronunciamento oficial, como resposta à situação da pandemia no país, que vem se agravando entre os não-vacinados por conta da alta transmissão da variante Delta, já dominante no país.

“As vacinas são a melhor protecção para os casos graves da Covid-19″, aconselhou o Presidente americano, concluindo que “todos os casos de hospitalizações e mortes que temos hoje são de pessoas não vacinadas”.

A Casa Branca vai forçar apenas a vacinação daqueles funcionários que trabalham directamente com pacientes em hospitais do departamento de Assuntos de Veteranos. Os outros funcionários do governo que optarem por não fazer a vacinação não serão demitidos, mas terão de ser testados todas as semanas — possivelmente semanalmente — e somente poderão participar de viagens de trabalho essenciais.

A Casa Branca defendeu que o Departamento de Defesa comece a avaliar o acréscimo das vacinas contra a Covid-19 entre os imunizantes exigidos para o serviço militar. O exército americano mantém uma lista de vacinas obrigatórias, actualizada constantemente, para membros das forças armadas que actuam dentro e fora do país.

“Isso é particularmente importante, porque as nossas tropas servem em todo o mundo, muitos dos lugares onde as taxas de vacinação são baixas e as doenças predominam”, diz a nota da Administração Biden.

Biden fez ainda um pedido para que os estados e municípios paguem 100 dólares para quem for se vacinar contra a Covid-19.

“Eu sei que dar 100 dólares para aqueles que ainda não se vacinaram pode não parecer justo para aqueles que se vacinaram, mas se isso fizer com que a gente controle a pandemia, vamos fazer”, disse o Presidente americano.

A medida deve aumentar os índices de vacinação em estados que ainda não alcançaram uma taxa mínima de protecção comunitária, e já foi aprovada pela prefeitura da cidade de Nova Iorque, que vai começar a recompensar os novos vacinados a partir desta sexta-feira, 30.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *