Isto é Notícia

Carla Fernandes estreia-se na literatura infantil com o livro ‘Uma Visita Inesperada’

Partilhar conteúdo

O livro infantil ‘Uma Visita Inesperada’, da autoria da tradutora Carla Fernandes, com ilustrações de Alexandre Matos, vai ser lançado este sábado, 22, pelas 17h00, no espaço Hangar – Centro de Investigação Artística, em Lisboa, Portugal.

A obra, destinada a crianças dos quatro aos oito anos, é o primeiro livro infantil da também Carla Fernandes, e narra “uma viagem ao mundo das emoções, num processo em que a autora revisita as suas inquietações de infância, com a intenção de contribuir para que as crianças possam vir a ter um entendimento melhor dos seus sentimentos”.

“A curiosidade e a liberdade recebem uma visita inesperada, que lhes troca as voltas ao dia. Sorte é que a Coragem estava por perto e tudo acaba em harmonia”, lê-se num trecho do livro.

A apresentação estará a cargo da dupla Ariana e Madalena Furtado, mãe e filha.
Ariana Furtado é professora e coordenadora da Escola Básica do Castelo, em Lisboa, ao passo que Madalena Furtado irá acompanhar a sua mãe através da leitura da obra. A elas junta-se ainda o pianista angolano João Oliveira, que cuidará do ambiente sonoro do evento, que se espera ser um momento de convívio.

A obra já se encontra disponíveis nas livrarias portuguesas de Tigre de Papel (Arroios), Dentu Zona (Cova da Moura) e Falas Afrikanas, bem como em várias do livro espalhadas por Portugal. Porém, a autora não tem ainda uma data agendada para o lançamento do referido livro em Angola.

Carla Fernandes é jornalista, tradutora e produtora cultural. Criadora do podcast rádio Afrolis e fundadora da Afrolis Associação Cultural, duas plataformas dedicadas às narrativas de pessoas negras a viver em Lisboa. Em 2022, a Plataforma Afrolis foi um dos projectos seleccionados do programa Desafio de Inovação do Google News Initiative (GNI).

Organizadora e co-autora da colectânea de poesia ‘Djidiu, a Herança do Ouvido-Doze’, Carla Fernandes é autora da radionovela de dez episódios ‘It takes a village’ (2018), produzida pela rádio alemã Deutsche Welle (DW).

Em Portugal, é tradutora oficial das obras ‘A Colina que subimos’, ‘A Canção da Mudança’ e ‘O que carregamos em nós’, de Amanda Gorman.

Isto É Notícia

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *