Cabinda. Secretaria da Cultura proíbe artista de fazer shows durante seis meses

A Secretaria Provincial da Cultura em Cabinda proibiu o músico António Valente Sungo Chibi, ou simplesmente MC da Tuga, de realizar, promover ou participar de actividades culturais durante seis meses, por desrespeito, desobediência e desacato às autoridades.

De acordo com o documento posto a circular por aquele órgão da administração pública, a que este jornal teve acesso, o músico teria sido advertido pela entidade e pela coordenação do bairro Lombo-Lombo, em Cabinda, para não levar a adiante a realização de uma actividade recreativa denominada ‘garrafinha’, com a utilização de aparelhagem de som.

A circular aponta que a denominada ‘garrafinha’ foi realizada no último domingo, 26, e, por ter violado o Decreto Presidencial n°111/11, de 31 de Maio, o músico MC da Tuga não vai poder realizar, promover ou participar de actividades culturais num período de seis meses a nível provincial e nacional. No entanto, a entidade não faz menção a nenhum instrumento legal a sustentar a medida aplicada ao artista.

Com a deliberação, a Secretaria Provincial da Cultura de Cabinda alertou as autoridades para o acompanhamento ou fiscalização da medida aplicada, bem como deitou um alerta a todas as instituições culturais ou promotores de eventos para que se abstenham de realizar qualquer a actividade do músico durante o período estabelecido.

*A foto que acompanha a peça é meramente ilustrativa

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *