Bancos comerciais concederam créditos à economia real no valor de 406,43 mil milhões kz em Outubro

O montante de créditos desembolsados pelos bancos comerciais à economia real, no mês de Outubro, totalizou 406,43 mil milhões de kwanzas (equivalente a USD 680,78 milhões), representando um acréscimo de 20,39 mil milhões de kwanzas (5,28%) face aos 386,04 mil milhões de kwanzas de Setembro do corrente ano. Os dados constam de uma publicação do Banco Nacional de Angola (BNA), em cumprimento do Aviso n.º 10/2020, de 3 de Abril.

Em termos gerais, até ao mês de Outubro do ano em curso, o montante aprovado pelo sector bancário correspondeu a 333,78% do valor mínimo a conceder ao sector da economia real até ao final do ano, sendo que os desembolsos efectivos representam 228,73%.

Segundo o BNA, no período em análise, cerca de 17 instituições bancárias cumpriram o limite mínimo de 2,5% do seu activo líquido, nomeadamente os bancos Millennium Atlânticos (BMA); Caixa Geral Angola (BCGA); Comercial do Huambo (BCH); de Comércio e Indústria (BCI); Banco Crédito do Sul (BCS); Banco de Fomento Angola (BFA); Banco BIC; Standard Bank Angola (SBA), Banco de Negócios Internacionais (BNI), Banco Prestígio (BPG), Banco Valor (BVB); Finibanco; Banco KEVE; Banco BIR; Banco YETU; Banco VTB e o BAI Micro Finanças (BMF).

O banco central adianta ainda que foram aprovados pela banca comercial um total de 345 projectos, correspondendo a 78,41% do mínimo estabelecido, destacando-se dez bancos que concentram 190 projectos (76% do total), a saber: o BAI (31); BNI (26); BIC (22); YETU (21); KEVE (19); SBA (17); BCGA (14); BCS (14); BFA (14) e BMA (12).

Em Setembro, os bancos comerciais desembolsaram um total de 386,04 mil milhões de kwanzas, ao passo quem em Agosto foram desembolsados cerca de Kz 351,35 mil milhões.

Bernardo Pires

Bernardo Pires

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *