Agente do SIC executa de forma bárbara dois marginais em plena luz do dia

Um agente do Serviço de Investigação Criminal (SIC), cuja identidade não foi ainda revelada até ao momento, assassinou, nesta quinta-feira, 24, em plena luz do dia, dois supostos marginais, no bairro da Mabor, no município do Cazenga, em Luanda.

De acordo com uma nota da Polícia Nacional a que este portal teve acesso, o infortúnio sucedeu por volta das 14h00, quando, quatro supostos indivíduos, a bordo de duas motorizadas e munidos de armas de fogo, foram interpelados por efectivos do SIC.

No vídeo, de pouco menos de 30 segundos, que está a ser amplamente partilhado nas redes sociais e que já mereceu a condenação de várias figuras, é possível ver dois jovens já neutralizados e com sinais de lesões nos membros inferiores a serem isolados dos populares que se juntaram ao local para assistirem à intervenção dos agentes do SIC.

Sem que os dois meliantes mostrassem qualquer resistência ou constituíssem qualquer tipo de ameaça à integridade física do agente e das pessoas que se juntaram ao redor do facto, um dos efectivos do SIC sacou da arma e, perante o olhar curioso dos populares, executou, de forma fria, os dois detidos.

Na nota de ocorrência assinada por um sub-inspector da Polícia Nacional, o mesmo refere-se a mais dois implicados, que teriam se colocado em fuga, tendo o acto resultado na perseguição e neutralização dos dois elementos que “tiveram morte imediata”, sem nunca se referir à execução dos mesmos e as circunstâncias em que estes foram a óbito.

A mesma nota da Polícia Nacional avança que, duas horas depois do incidente, os corpos foram removidos e levados para a Morgue Central de Luanda pela equipa do SIC, e que foram apreendidos duas pistolas e uma motorizada.

Gabriela Vaia

Gabriela Vaia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.