Xadrezista angolano termina em sexto lugar no campeonato mundial da modalidade

O mestre internacional angolano, Eugénio Campos, terminou na sexta posição, dentre os 24 participantes, do 21.º Campeonato do Mundial de Xadrez da Associação Internacional de Xadrez para Deficientes Físicos (International Physically Disabled Chess Association, IPCA, em inglês), que decorreu em Ashdod, em Israel.

Eugênio Campos, que terminou a competição com 5 pontos, em nove jornadas, arrecadou o prémio de 300 euros (cerca de 128 mil kwanzas), das mãos do vice-presidente da municipalidade co-organizadora.

A prova foi conquistada pelo mestre internacional russo, Andrei Obodchuck, a jogar sob a bandeira da Federação Internacional de Xadrez (Fide, na sigla em francês), com 7,5, seguido pelo Internacional sérvio, Stanislav Mikheev, com 7 pontos. O grande mestre israelita, Yaacov Zilberman, com 6,5 pontos, foi o terceiro classificado, com o mesmo número de pontos que o seu compatriota Andrei Gurbanov, que ocupou o quarto lugar.

O internacional ucraniano, Igor Yarmonov, com 6 pontos, ficou no quinto posto, mais um ponto que o internacional angolano. Para conquistar o sexto lugar, Eugénio Campos venceu o mestre Fide da República Checa, Valenta Vit Vaclav, na quarta jornada.

Na classificação feminina, a mestra Fide russa, Svetlana Gaserimova, sagrou-se campeã, com 4,5 pontos, o mesmo que a segunda classificada, a também mestra Fide Israel.

Bernardo Pires

Bernardo Pires

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.