Unitel apresenta projecto de valorização do cinema angolano

A operadora de telefonia móvel UNITEL vai premiar, anualmente, a produção de audiovisual a nível nacional através do projecto ‘UNITEL Angola Move – Movimento do Cinema Angolano’, iniciativa cujo lançamento e apresentação irá decorreu na quarta-feira, 14, no Clube S (Embarcadouro do Mussulo).

De acordo com uma nota de imprensa a que o jornal !STO É NOTÍCIA teve acesso, o projecto visa “mostrar o desenvolvimento da sétima arte angolana, através de uma nova geração de jovens realizadores oriundos da televisão e de escolas de cinema internacionais como nacionais”.

Para o acto de apresentação, estão convidados todos os órgãos de comunicação social, organizadores e curadores do projecto, assim como algumas figuras da sétima arte nacional, com o objectivo de tornar público uma iniciativa que visa contribuir para o desenvolvimento cultural do país e da comunidade lusófona, no geral.

“O Unitel Angola Move pretende mostrar o desenvolvimento da sétima arte angolana, que há algum tempo tem saído de uma certa letargia em que se encontrava, através de uma nova geração de jovens realizadores oriundos da televisão e de escolas de cinema internacionais”, esclarece a nota de imprensa.

O ‘UNITEL Angola Move’ vai premiar anualmente a produção do audiovisual a nível nacional através de um sistema de candidaturas, votação por um público e com uma cerimónia final onde serão apresentados os candidatos e eleitos os vencedores, de acordo com a votação do público e a eleição do júri.

A Curadoria estará a cargo de três rostos conhecidos do audiovisual angolano: Sílvio Nascimento, Miguel Hurst e Joel Benoliel. Em concurso, isto em relação à primeira edição, estarão as categorias de longa-metragem, curta-metragem, documentário e teatro.

Lurdes Tomé

Lurdes Tomé

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *