UNITA vai interpor reclamação com efeito suspensivo da declaração dos resultados eleitorais definitivos

 UNITA vai interpor reclamação com efeito suspensivo da declaração dos resultados eleitorais definitivos

O Secretariado Executivo do Comité Permanente da Comissão Política da UNITA prometeu, esta segunda-feira, 29, interpor uma reclamação com efeito suspensivo dos resultados definitivos das eleições gerais de 24 de Agosto de 2022, na sequência do anúncio feito pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE), que declarou o MPLA como vencedor do quinto sufrágio universal angolano, com 51,17% dos votos.

A posição do partido do Galo Negro consta de um comunicado lido pelo secretário-geral da UNITA, Álvaro Chikwamanga Daniel, no qual a segunda maior força política do país A UNITA “reitera que não reconhece os resultados indicados pela CNE, enquanto não forem decididas as reclamações já em sua posse”.

“Neste contexto, [a UNITA] aproveita informar a opinião pública nacional e internacional que, dentro dos prazos legais, fará entrega de uma reclamação que terá efeitos suspensivos da declaração dos resultados definitivos apresentados pela CNE”, avançou o comunicado.

A maior força política da oposição, que conseguiu ‘vergar’ o MPLA em três províncias (Cabinda, Zaire e Luanda) no pleito do dia 24 de Agosto, revelou que tomou conhecimento dos resultados definitivos eleitorais por intermédio dos órgãos de comunicação social, não tendo sido notificada da decisão do Plenário da CNE, que caucionou os resultados definitivos.

A UNITA informou ainda que, ao seu mandatário, não foi entregue a cópia da acta do apuramento dos resultados definitivos das eleições gerais de 24 de Agosto, como previsto no n.º 3 do artigo 136.º da Lei Orgânica sobre as Eleições Gerais.

“É do interesse de todos os angolanos que a CNE não se furte à comparação das actas-síntese em posse dos partidos políticos, resultante da vontade popular expressa nas urnas e que representa a verdade eleitoral”, remata o comunicado da UNITA.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.