Isto é Notícia

Sudão. Violência inter-tribal provoca 48 mortos na província de Darfur

Partilhar conteúdo

Confrontos tribais na semana passada, na região sudanesa de Darfur, oeste do Sudão, provocaram pelo menos 48 mortos, disse esta quarta-feira, 16, um quadro de uma organização de apoio a refugiados.

O confronto é o primeiro em larga escala do género naquela província desde Agosto do corrente ano, além dos combates inter-étnicos registados nos últimos meses na província Nilo Azul, sul do país, e que provocaram mais de 350 mortos.

Os combates entre as tribos Misseriya e Rezeigat irromperam na passada quarta-feira perto da aldeia de Juguma, no Darfur Central, na sequência de roubos à mão armada, segundo o Gabinete de Coordenação de Assuntos Humanitários das Nações Unidas (OCHA, na sigla em inglês).

Vinte e quatro das vítimas foram mortas sábado, depois de homens armados terem aberto fogo sobre populares que tentavam pôr cobro ao conflito, disse a OCHA.

Adam Regal, porta-voz de uma organização local que ajuda a gerir campos de refugiados em Darfur, disse à agência Associated Press que o número de vítimas pode ser superior.

O aumento da violência nas regiões sul e oeste do Sudão coincide com as negociações entre a junta militar no poder e as principais facções do movimento pró-democracia, patrocinadas pela comunidade internacional e que visam relançar o processo de transição democrática.

A grave crise económica e política no Sudão foi desencadeada por um golpe militar a 25 de Outubro de 2021, que interrompeu um processo de transição democrática iniciado dois anos antes.

LUSA

Related post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *