Standard Bank prevê queda da inflação em Angola para 16,1% até final deste ano

Os analistas do Standard Bank Angola (SBA) estimam que a taxa de inflação em Angola desça em torno dos 16,1% até ao final do ano, após atingir um pico de 27,7% em Janeiro e um nível de 24,4% em Maio do corrente ano.

Os estudos daquela instituição financeira, apresentados na quarta-feira, 22, pelo economista e membro do conselho executivo do Standard Bank para Angola e Moçambique, Fáusio Mussá, indicam a subida do preço do barril do petróleo, fixado acima dos 100 dólares, desde o começo do ano, como factor determinante para redução da inflação em Angola.

Para o especialista, o preço do preço do barril do petróleo no mercado internacional representa um grande contributo para a estabilização da economia angolana e da previsão de crescimento do seu Produto Interno Bruto (PIB).

“Apesar da pandemia e do impacto das medidas globais para redução das emissões de carbono, Angola conseguiu mobilizar investimentos no sector petrolífero para estabilizar a produção, que decresce desde 2016”, escrevem os analistas do Standard Bank no relatório citado pela Angop.

O documento evidencia progressos substanciais do país, em direcção à estabilização económica e aponta como indicador desta tendência evolutiva da economia angolana a apreciação do kwanza face ao dólar, que, deste o início deste ano, apreciou em 28,2% e 49.2%, nos últimos 12 meses.

Os analistas do maior banco da região austral do continente africano estimam que a redução de impostos sobre os produtos de primeira necessidade e a implementação da Reserva Estratégica Alimentar (REA), desde o início do ano, têm também contribuído para a redução da inflação.

Com uma rede comercial de 19 agências e três centros de empresa espalhados pelo país, o Standard Bank Angola pertencente ao grupo empresarial sul-africano Standard Bank Group e está presente nas principais praças da banca do país, nomeadamente nas províncias de Luanda, Kwanza-Sul, Benguela, Huíla, Huambo, Namibe e Cabinda.

Nok Nogueira

Nok Nogueira

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.