Petro de Luanda quebra enguiço de 12 anos e conquista 16.º título do Girabola

A formação do Petro de Luanda sagrou-se, nesta quarta-feira, 18, campeão do campeonato nacional de futebol da primeira divisão Girabola, edição 2021-2022, 12 anos depois da última conquista, ao vencer por 3-1, no estádio 11 de Novembro, o Sagrada Esperança da Lunda-Norte.

Quando faltam duas jornadas para o fim do campeonato, os ‘tricolores’, comandados pelo técnico português Alexandre Santos, somam agora 68 pontos, contra os 59 do Sagrada Esperança da Lunda-Norte, segundo classificado, que detinha o título de campeão nacional.

No jogo desta quarta-feira, milhares de adeptos não quiseram perder a oportunidade de festejar a conquista do 16.º título no 11 de Novembro, enquanto outra larga maioria continuava a festejar nas redes sociais, sobretudo no Facebook, onde exibiam com camisolas e bandeiras do clube.

Kinito, aos 34 minutos, Tiago Azulão, aos 60, e Ito, aos 76, marcaram os golos que garantiram o 16.º título do Petro de Luanda e o primeiro de Alexandre Santos à frente do clube mais titulado do país. Do lado dos diamantíferos, Jó Paciência, aos 90+4, reduziu a desvantagem.

O último título do Petro de Luanda foi conquistado em 2009, sob a liderança do treinador português Bernardino Pedroto.

O Progresso do Sambizanga, com 18 pontos, na 14.ª posição, o Kabuscorp do Palanca, com 14, na 15.ª posição, e o Sporting de Benguela, com nove pontos, na última posição, já não têm possibilidade de evitar a descida de divisão para o segundo escalão do futebol nacional.

Depu, do Sagrada Esperança, lidera a lista dos melhores marcadores do Girabola, com 19 golos, seguido por Tiago Azulão, do Petro de Luanda, com 17.

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.