Parlamentares angolanos autorizam envio de contingente militar a Moçambique

Os deputados à Assembleia Nacional votaram, nesta terça-feira, 27, a favor da resolução que autoriza o envio de militares angolanos a Moçambique, para se juntarem à missão de manutenção de paz liderada pela SADC, com a finalidade de ajudar o Estado moçambicano a combater o terrorismo na província de Cabo Delgado.

O diploma foi aprovado por unanimidade, com 182 votos a favor, nenhum voto contra e nenhuma abstenção. O envio do contingente das Forças Armadas Angolanas (FAA), composto por 20 elementos, deverá apenas prestar consultoria à missão de manutenção da paz em Cabo Delgado.

O líder do grupo parlamentar da CASA-CE, Alexandre Sebastião André, que emitiu uma declaração de voto, disse que votou a favor por considerar pertinente o envolvimento de Angola em ajudar a República moçambicana a estancar a expansão de grupos radicais islâmicos que hoje tendem a expandir-se na África Austral.

Já o grupo parlamentar da UNITA, na pessoa do seu líder Liberty Chiyaka, afirmou ter votado a favor para manifestar solidariedade ao povo irmão de Moçambique e por entender que para a caminhada do desenvolvimento sustentável de África, em particular a região da SADC, o continente precisa de paz, estabilidade, democracia e uma boa governação.

Glaucia Miguel

Glaucia Miguel

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *