OMS declara varíola dos macacos emergência de saúde pública internacional

 OMS declara varíola dos macacos emergência de saúde pública internacional

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, no fim-de-semana, como sendo uma emergência de saúde pública de interesse internacional a infecção provocada pelo vírus Monkeypox (varíola dos macacos, em português). A classificação é o maior alerta que a OMS pode emitir e acontece no contexto de um aumento mundial de casos.

A declaração foi feita em conferência de imprensa pelo director-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, referindo que a decisão foi tomada para melhorar a resposta internacional ao vírus, que se espalhou por mais de 75 países.

“O surto continuou a crescer, e agora há mais de 16 mil casos relatados de 75 países e territórios e cinco mortes. Temos um surto que se está a espalhar rapidamente à volta do mundo, do qual sabemos muito pouco e que cumpre os critérios dos regulamentos internacionais de saúde”, afirmou, no final da “2.ª Reunião do Comité de Emergência da OMS sobre o Vírus”, ocorrido em Genebra.

O responsável disse também que “a maioria dos casos confirmados com historial de viagens relatou deslocações para países da Europa e América do Norte, em vez da África Ocidental ou Central, onde o vírus da varíola dos macacos é endémica”.

“A avaliação da OMS é que o risco de varíola do macaco é moderado em todas as regiões do mundo, à excepção da Europeia, onde avaliamos o risco como altos”, alertou, acrescentando que “há também um risco claro de maior disseminação internacional, embora o risco de interferência no tráfego internacional permaneça baixo no momento”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.