OGE 2022 reduz 22,7 mil milhões no valor dos Projectos de Investimentos Públicos em Saúde para Luanda

Os Projectos de Investimentos Públicos (PIP) do sector da saúde em Luanda, inscritos no Orçamento Geral do Estado 2022 (OGE), representam uma diminuição em valor monetário de 22,7 mil milhões de kwanzas, se comparado ao OGE do ano corrente.

A saúde deve receber do OGE 2022 um total de 30.068.264.647 kwanzas (trinta mil milhões, sessenta e oito milhões, duzentos e sessenta e quatro mil e seiscentos e quarenta e sete), a ser investido na construção, reabilitação e apetrechamento de 12 estruturas do sector na capital do país.

Contas feitas, o valor é inferior ao do PIP da saúde no OGE 2021, que disponibilizou 52.803.129.422 kwanzas (cinquenta e dois mil milhões, oitocentos e três milhões, cento e vinte e nove mil e quatrocentos e vinte e dois), investidos em 15 projectos, como a construção e apetrechamento do Instituto de Anatomia Forense de Luanda e a reabilitação do Hospital Sanatório De Luanda, este último que deve ser inaugurado o próximo ano.

O Orçamento para o próximo ano prevê um investimento de mais 2.346.658.117 kwanzas (dois mil milhões, trezentos e quarenta e seis milhões, seiscentos e cinquenta e oito mil e cento e dezassete) na construção e apetrechamento do projecto intitulado “1.ª Fase do Hospital Geral Pediatria de Luanda”, que também esteve inscrito no OGE 2021 com o mesmo título, mas com um valor de 12.152.999.559, muito acima do previsto para o próximo ano.

De forma geral, para o OGE 2022, estão inscritos no PIP do Ministério da Saúde na província de Luanda, a concepção, construção e apetrechamento do Hospital Oftalmológico, a construção e apetrechamento 1.ª Fase Hospital Geral Pediatria, a construção e apetrechamento do Instituto de Anatomia Forense, a construção e apetrechamento do Instituto Hematológico Pediátrico, a construção e apetrechamento da Unidade de Tratamento de Queimados, a construção e apetrechamento de Hospital de 300 camas nos municípios de Cacuaco e Viana.

Além desses projectos, constam também a construção e apetrechamento do Hospital Pedro Maria Tonha “Pedalé”, estudos e implementação do Laboratório Biológico de Nível ¾, a reabilitação do Hospital de Queimados Neves Bendinha, a reabilitação do Hospital Sanatório de Luanda, e a reabilitação do Hospital Américo Boa Vida.

Jaime Tabo

Jaime Tabo

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *