Lunda-Norte. Jovem mata avô por alegada prática de feitiçaria

Um cidadão de 23 anos de idade, cujo nome não foi revelado à imprensa, está detido desde o último domingo, 26, na província da Lunda-Norte, após tirar a vida ao seu avô a machadada, por alegada prática de feitiçaria.

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal (SIC) na Lunda-Norte, Graciano Lumanhi, que avançou o facto à imprensa sem, no entanto, revelar o nome do falecido, nem tão-pouco a idade, contou que o infortúnio teve lugar quando o cidadão em causa se deslocou da sede municipal do Caungula para a comuna do Camaxilo, onde residia o avô.

No local, o jovem proferiu acusações contra o avô de ser responsável pelas mortes sucessivas que ocorriam no seio da família e, em seguida, desferiu com um machado inúmeros golpes em várias regiões do organismo até que o idoso encontrou a morte.

A detenção do jovem acusado ocorreu na via pública, a cerca de 125 Km da comuna do Camaxilo, município do Caungula, após os populares darem a conhecer o sucedido ao SIC local, que confirmou a detenção, avançando que o presumível autor aguarda agora pela sua apresentação junto do Ministério Público.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *