Jogador hondurenho do 1.º de Agosto rescinde com o clube por atraso salarial

O jogador hondurenho Bryan Moya, que esteve ao serviço do clube militar, rescindiu o vínculo contratual que o unia à equipa do 1.º de Agosto. De acordo com uma publicação feita pelo portal Bola em Campo, esteve na base da decisão questões que têm que ver com o atraso no pagamento do seu ordenado.

Segundo o portal, o atleta havia rubricado um contrato válido por duas temporadas, mas a situação financeira do time afecto às Forças Armadas Angolanas (FAA), levou ao rompimento do casamento.

Na página oficial do atleta, Bryan fez uma publicação que indica que estará já de regresso ao seu país. O jogador escreveu como forma de despedida “Angola cuia”.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *