João Lourenço suspende deslocações ao exterior aos membros do seu governo até à investidura do próximo PR

O Presidente da República, João Lourenço, suspendeu, no início deste mês, as deslocações ao exterior do país aos membros do seu governo — a contar do próximo dia 15 de Maio — até à investidura do Presidente resultante das eleições gerais de Agosto próximo.

A determinação consta do Despacho Presidencial n.º 113/22, tornado público esta segunda-feira, 9, o qual justifica a decisão com a “necessidade de se maximizarem os resultados do trabalho de articulação institucional desenvolvido, bem como efectuar o balanço das actividades realizadas ao longo do mandato pelos diversos órgãos da administração central e local do Estado”.

Ficam assim impedidas de se deslocar ao exterior do país as seguintes entidades: ministros de Estado, ministros, governadores provinciais, secretários de Estado, vice-governadores provinciais.

No entanto, a determinação não abrange os membros do governo afectos ao Ministério das Relações Exteriores (MIREX), isto é, o titular da pasta e os seus secretários de Estado, assim como as entidades que se desloquem ao exterior “para atender a situações pontuais e inadiáveis, desde que devidamente autorizadas”.

Os governantes cujas autorizações para as deslocações ao exterior do país foram concedidas antes da publicação do referido despacho presidencial ficam também isentos do impedimento.

Avatar

Isto é Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.