INSS atende mais de 2 mil pensionistas em todo o país, após retomar processo de prova de vida

O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) atendeu, em todo o território nacional, 2.292 pensionistas nascidos em Maio, após ter retomado, na segunda-feira, 9, o processo de realização da prova de vida, que esteve suspensa desde Dezembro de 2021, em decorrência da subida de casos da Covid-19.

O maior número de pensionistas atendidos deu-se nas agências do município de Luanda (516 pensionistas), seguido de Benguela (123 pensionistas), do Serviço Integrado de Atendimento ao Cidadão (SIAC) Talatona (104 pensionistas), Viana (99 pensionistas) e, por último, da agência do município do Lubango (com 95 pensionistas).

O INSS reforçou que a não realização da prova de vida ocasionará a suspensão da pensão, razão pela qual apelou a todos os beneficiários a dirigirem-se à agência de atendimento mais próxima.

A prova de vida é uma exigência legalmente instituída que permite que os pensionistas garantam a continuidade do recebimento das suas prestações mensais, conforme estabelece o Decreto Presidencial n.º 299/20, de 23 de Novembro, e, desde o ano passado, deve ser realizada no mês de aniversário do pensionista de reforma.

O procedimento serve para evitar fraudes e pagamentos indevidos, já que se trata de um mecanismo de periodicidade anual.

Gabriela Vaia

Gabriela Vaia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.