Insólito. Marginais em Viana furtam urna e adiam funeral de um homem

Um grupo de marginais, até ao momento não identificados, furtou, na madrugada do último domingo, 15, uma urna adquirida para a realização do funeral de um homem, no distrito urbano da Estalagem, no município de Viana. A denúncia é dos familiares do malogrado à reportagem da Rádio Despertar.

Informações avançadas pela estação radiofónica dava conta que o caso sucedeu na madrugada do último domingo, quando os funcionários de uma agência funerária, que se dirigiam-se à morgue para irem buscar o corpo, viram-se forçados a passar a noite junto a uma maratona, depois que a viatura que transportava a urna teve um problema em um dos pneus.

Acto contínuo, os trabalhadores da agência funerária estacionaram o veículo numa zona aparentemente calma, e dirigiram-se a uma recauchutagem, tendo de seguida surgido os marginais, que acabaram furtando a urna, o que obrigou ao adiamento das exéquias, que estavam agendadas para aquele mesmo dia.

Na sequência, os marginais esconderam a urna no interior de uma roulote abandonada, onde foi mais tarde encontrada por efectivos da Polícia Nacional, depois que a proprietária lançou o alerta aos órgãos da ordem pública, que, de seguida, fizeram a recolha da caixa.

Até esta terça-feira, 17, a urna encontrava-se na 44.ª esquadra do distrito urbano da Estalagem, a aguardar que os familiares do falecido, que não foi identificado pela reportagem da Rádio Despertar, remarcassem uma nova data para a realização do acto fúnebre, para que definitivamente o malogrado possa repousar em paz na última morada.

Avatar

Isto É Notícia

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.