Fitch Ratings melhora perspectiva de evolução do Banco BAI para “positiva”

 Fitch Ratings melhora perspectiva de evolução do Banco BAI para “positiva”

A agência de notação financeira Fitch Ratings — uma das três maiores agências de classificação de risco de crédito, ao lado da Standard & Poor’s e da Moody’s — melhorou a perspectiva de avaliação do Banco Angolano de Investimentos (BAI) de “Estável” para “Positiva”, ao mesmo tempo que estabeleceu a avaliação da dívida de longo prazo em ‘B-“.

“A Fitch reconhece a importância sistémica do BAI, a sua posição como o principal banco privado de Angola e o seu papel estratégico no financiamento e apoio à indústria petrolífera estratégica”, lê-se numa nota publicada, na terça-feira, 16, pela direcção da instituição bancária.

O BAI entende que a alteração da sua perspectiva de avaliação deve-se sobretudo aos “grandes superavits fiscais de Angola, frutos da combinação dos preços mais altos do petróleo, da contenção de despesas e de um declínio acentuado da dívida pública, impulsionados pela valorização do kwanza e por um histórico de reformas económicas orientadas para a estabilidade”.

Ainda segundo a nota da instituição, esta revisão da perspectiva acontece depois de, a 15 de Julho, a Fitch Rating ter melhorado a perspectiva de evolução do rating de Angola de ‘Estável’ para ‘Positivo’, deixando antever uma subida da opinião sobre a qualidade do crédito soberano do país.

Recorde-se que, em Fevereiro deste ano, a Fitch Rating elevou a categoria do Banco Angolano de Investimentos para o nível de “Banco Estável”, conferindo-lhe o estatuto de “principal banco privado de Angola”.

Na altura, a agência justificou que a elevação da categoria do banco angolano deveu-se ao facto de “o BAI apresentar um perfil satisfatório de captação e liquidez, além da base de financiamento ser constituída pelos depósitos de clientes estáveis, com uma quota de mercado de empréstimos e depósitos estimada entre os 15 e os 20%”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.